Câmara de Foz reduz para menos da metade os gastos com diárias e passagens

por Maria Eduarda última modificação 31/01/2020 13h10
Juntamente com outras medidas de contenção de gastos, a economia na Câmara é de R$ 13,3 milhões nos últimos três anos

A Câmara Municipal de Foz do Iguaçu reduziu para menos da metade os gastos com diárias e passagens, no comparativo dos primeiros três anos da atual legislatura com o mesmo período da anterior. A despesa total nos três anos anteriores foi de 301 mil e 302 reais, enquanto que no triênio da atual legislatura foram 143 mil e 589 reais, ou seja, houve uma redução de 52,34% o que representou uma economia de 157 mil 713 reais.

Foz dá exemplo para o Paraná

Na mesma linha, um levantamento realizado pelo Tribunal de Contas do Estado revelou que no ano passado, por exemplo, Foz gastou menos que as câmaras de cidades como Medianeira, Matelândia, Cascavel, Ponta Grossa, Toledo, Guarapuava, Missal, Céu Azul, Marechal Cândido Rondon e Capanema.
Entre as 340 câmaras em que o TCE apurou as despesas, Foz do Iguaçu ficou lá embaixo em relação a gastos com diárias e passagens. A Câmara de Foz ocupou o 145º lugar, ou seja, ficou entre as câmaras que menos gastou ano passado. O levantamento é dos primeiros 180 dias úteis do ano passado.

Controle do dinheiro público

O presidente da Câmara, vereador Beni Rodrigues (PSB), ressaltou o compromisso com a racionalidade e economia do dinheiro público. “Hoje, as viagens de funcionários de carreira desta casa de leis, são para cursos importantes para adequação e bom funcionamento da Câmara. Fora isso, eu não estarei autorizando viagem que não é a trabalho ou na busca de recursos. Para os vereadores que precisarem o meu encaminhamento para alguma viagem representando a Câmara de Foz em Brasília ou Curitiba, tem que ter uma resposta para população de Foz e também para nós do legislativo,” destacou.

Economia é de R$ 13,3 milhões em três anos

As medidas de contenção de gastos geraram uma economia de R$ 13,3 milhões nos últimos três anos, recursos que foram devolvidos para a prefeitura investir em áreas essenciais como saúde e educação. Em 2017 foram devolvidos à prefeitura R$ 3,4 milhões; em 2018 R$ 4,7 milhões; e em 2019 foram R$ 5,2 milhões.
O 1º secretário da mesa diretora, vereador Elizeu Liberato (PL), lembrou que “nesta legislatura, vereadores(as), assessoria e servidores da Câmara se empenharam muito para reduzir custos em todas áreas, beneficiando, assim a população, face à devolução de R$ 13,3 milhões ao Poder Executivo para aplicar principalmente na área de saúde do Município”.
O 2º secretário da mesa diretora, Edson Narizão (PTB) destacou que as ações são da mesa diretora em conjunto com todos os vereadores. “Estamos reduzindo ao máximo. Estão de parabéns a mesa diretora e os demais vereadores dando resposta àquilo que a população espera de todos nós”, acrescentou Narizão.

Resultados das tratativas em Curitiba e Brasília

De acordo com Beni, em 2019 houve um custo total de 65 mil e 959 reais com diárias. “Foi um pouco mais que o ano anterior, mas em razão de viagens a Brasília e Curitiba. E o importante é que os resultados estão aí como R$ 2,5 milhões para o Hospital Municipal por meio da atuação do deputado Vermelho, os R$ 31 milhões para arena multiuso com apoio também do deputado e de toda a bancada paranaense;
Liberação da área do Estado, o que vai viabilizar uma grande reforma e ampliação da unidade de saúde da Vila Yolanda, tem outra emenda de R$ 1,5 milhão para creche na Gleba Guarani e a retomada do terreno do Centro Cívico, que já providenciamos toda a documentação”, informou o presidente da Câmara.
Para o 2º vice-presidente da Câmara, João Miranda (PSD), desde o início da legislatura, em 2017, a Câmara vem promovendo uma séria de cortes em despesas. “As diárias só são concedidas se justificado o interesse público, da coletividade. É uma das casas que teve menos gastos no Paraná, com redução considerável nesses três anos. É um trabalho conjunto de responsabilidade e respeito com os cidadãos”, comentou.



Assista a reportagem da TV Câmara:


registrado em: ,