Câmara requer ações de trânsito, asfalto e informações sobre UPAs

por Maria Eduarda última modificação 12/03/2020 13h24
Motocicletas com escapamentos adulterados, necessidade de obras em bairros e atendimento de saúde motivaram requerimentos

Nas últimas duas sessões ordinárias, realizadas na terça e quinta-feira, foram aprovados vários requerimentos. Os vereadores trataram de assuntos como a fiscalização do FOZTRANS em relação as motocicletas com escapamentos adulterados produzindo ruído acima do permitido; especialização de professores que atendem alunos com Transtorno do Espectro Autista (TEA); funcionamento das UPAs; atendimento a pessoas de outras cidades no SUS; e obras de recapeamento asfáltico nos bairros.

Motocicletas adulteradas

A vereadora Anice Nagib Gazzaoui (sem partido), requereu do Diretor-Superintendente do FOZTRANS, informações sobre as medidas tomadas para a fiscalização dos escapamentos das motos que circulam no município produzindo ruído acima do permitido. O instituto deve especificar os resultados da fiscalização tais como números de veículos fiscalizados, de veículos apreendidos e de multas aplicadas por infrações dessa natureza. O pedido se dá em razão das muitas reclamações dos cidadãos iguaçuenses.
“Nós já tivemos no ano passado um outro requerimento, de autoria da vereadora Nanci, que pedia providências neste sentido. Precisamos cobrar essa fiscalização. Esses barulhos são prejudiciais, não só a saúde, mas também aos animais. Devemos lembrar também das pessoas que tem uma sensibilidade maior, como os autistas” disse a vereadora Anice.
A vereadora Nanci Rafagnin Andreola (PDT), participou da discussão. “Eu já fiz várias reuniões com o Diretor do FOZTRANS porque como eu moro aqui no centro, ninguém dorme a noite, porque o barulho é demais e as reclamações são muitas. Apresentei um abaixo assinado enorme, e ele prontamente tomou as devidas providências com a equipe, e apreendeu várias motocicletas adulteradas, mas infelizmente, ainda existem muitas em circulação” afirmou Nanci.
Os vereadores João Miranda (PSD), Rogério Quadros (PTB), e Elizeu Liberato (PL), parabenizaram a vereadora pela solicitação, e reforçaram o pedido sobre a fiscalização dessas situações.

Especialização de professores para alunos com TEA

O vereador Luiz Queiroga (DEM), solicitou informações acerca das medidas tomadas pelas secretarias municipais de educação e saúde, visando o cumprimento da Lei n° 4.698/2019, que “institui a Política Municipal de Proteção aos Direitos das Pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA)”, incluindo os objetivos contidos no artigo 3°, como a proteção contra qualquer forma de abuso e exploração;
O acesso a ações e serviço de saúde, com vistas à atenção integral de suas necessidades de saúde, incluindo o diagnóstico precoce, ainda que não definitivo; atendimento multiprofissional; a nutrição adequada e a terapia nutricional; o acesso a medicamentos, incluindo nutracêuticos; acesso à informação que auxilie no diagnóstico e em seu tratamento; a promoção de campanhas de conscientização contra o tratamento desumano ou degradante, discriminatório ou preconceituoso; promoção do convívio familiar.
Queiroga afirma que a inserção do aluno com profissionais preparados para lidar com esses alunos, tem sido cada vez mais desgastante. “Nós percebemos nas escolas uma dificuldade em lidar com essa situação, cada vez mais evidente, não só em nosso município, mas em todo o país. Essas crianças precisam de uma atenção especial. Elas são normais, mas, para lidar com o comportamento e o ensino a atenção tem de ser outra”, apontou.
Celino Fertrin (PDT) e João Miranda (PSD) parabenizaram o vereador e destacaram a importância do requerimento, citando a entidade ASPAS – Associação Solidária às Pessoas Autistas, e os projetos que desempenha em nosso município.

Funcionamento das UPAS e atendimento no SUS

O vereador Marcio Rosa (PSD) requereu informações sobre o funcionamento das unidades de pronto atendimento – UPAs João Samek e Dr. Walter Cavalcanti Barbosa. Pediu que seja especificada a relação de todos os médicos e especialidades que atendem nestas unidades, com escala de trabalho, número de atendimentos realizados por médicos, discriminado por dia, no ano de 2019, a fevereiro de 2020.
Marcio Rosa solicitou também uma relação de todos os enfermeiros com escala de trabalho e a função que desempenham; a relação das especialidades em falta na unidade; o relatório dos lotes de vacinas disponíveis e quantia realizada até fevereiro deste ano; o relatório de todos os produtos básicos para o funcionamento da unidade; relatório dos produtos de limpeza e higiene; e o relatório de manutenção predial.
A vereadora Inês Weizemann (PSD), requereu informações acerca dos procedimentos para atendimento pela rede do Sistema Único de Saúde – SUS, a serem adotados pelos estudantes que vêm de outras cidades, matriculados em cursos de graduação ou pós-graduação nas faculdades da fronteira, em especial quanto a comprovação de residência. Estudantes estariam encontrando dificuldades de acesso aos serviços do SUS.

Recapeamento asfáltico na Vila Borges e Jardim Curitibano

Para atender as demandas dos moradores da região da Vila Borges, a vereadora Inês Weizemann (PSD), solicitou informações quanto a programação de obras de recapeamento asfáltico nas ruas Elba de Pádua Lima, Roni Peterson, Servilio de Jesus, Osvaldo Brandão e o beco Hélio Dias Ferraz. Segundo relato dos moradores, no ano passado duas ruas do bairro foram recapeadas, e na época, eles foram informados de que as outras ruas seriam recuperadas, mas até o momento, nada foi feito.
Em outro requerimento, a vereadora solicitou informações relativas à programação de obras de recapeamento asfáltico no Jardim Curitibano, nas ruas Ariquemes, Biguaçu, Cajati, Candeias, Formosa, Borborema, São Miguel, Correia de Freitas, Loanda e Francisco de Sá e Assai.


Texto: Maria Leithardt com supervisão de Elson Marques