Entidades de educação especial apresentam reivindicações ao Legislativo

por Maria Fernanda última modificação 22/08/2019 09h36
Proposições foram apresentadas durante o encerramento da caminhada na Semana da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla

A semana nacional da pessoa com deficiência intelectual e múltipla é celebrada todos os anos no mês de agosto, entre os dias 21 e 28, com o objetivo de conscientizar a população. Em Foz do Iguaçu, uma das principais e mais marcantes atividades durante a semana é a caminhada em busca da visibilidade à causa.

Na manhã de quarta-feira (21), o encerramento da caminhada ocorreu em frente à Câmara Municipal com a entrega de um documento contendo reivindicações aos Poderes do Legislativo e do Executivo. Estavam presentes no ato a vereadora Nanci Rafagnin Andreola (PDT), Primeira Vice-Presidente da Casa e o vereador Beni Rodrigues (PSB), Presidente.

Neste ano, a mobilização traz como tema “Família e pessoa com deficiência, protagonistas na implementação das políticas públicas” e conta com a participação de cinco entidades: Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – APAE; Associação de Pais e Amigos dos Surdos de Foz do Iguaçu – APASFI; Nosso Canto; Associação Cristã de Deficientes Físicos – ACDD; e Escola Alternativa Viva Bia.

No Ofício entregue aos parlamentares estavam necessidades e proposições para melhorias nas instituições e na prestação de serviços. Algumas delas são: Agilidade no acesso às consultas com especialistas na rede pública de saúde, criação de cargo para professor de Libras, Tradutor e Interprete de Língua de Sinais e cedência de mais ônibus e professores para os alunos, entre outros pedidos.

A vereadora Nanci disse que apoia a luta das entidades e levará as reivindicações ao prefeito para que em conjunto com todos os vereadores os pedidos sejam atendidos na medida do possível. “São reivindicações justas e daremos toda a atenção pois estamos diante de uma causa muito nobre e devemos dar todo o apoio necessário para essas entidades que prestam um serviço primordial na cidade e precisam da assistência do Poder Público. Nas emendas impositivas estamos fazendo o máximo para atender as demandas e outras questões vão depender do Executivo e por isso vamos dialogar com o prefeito Chico que é uma pessoa sensível a essas causas”, afirmou Nanci.   

O presidente da Câmara ressaltou a importância de ações como essa. Segundo Beni, “a Câmara vai se reunir com essas cinco entidades para buscar soluções às reivindicações apresentadas. Uma das possibilidades é por meio de emendas impositivas e apresentação de projetos de lei para garantir os direitos reivindicados. Vamos trabalhar juntos e trazer muitas melhorias para essas famílias e esses alunos” afirmou o presidente.


Clique aqui para mais fotos